Uma forma de baixar os custos da publicação de seu livro e poupar algumas centenas de reais é tomar para si o trabalho de fazer uma capa e paginar o escrito de acordo com certas normas da editoração eletrônica. Aqui estão algumas dicas simples que você pode adotar para fazer seu livro parecer como se ele fosse projetado por um profissional.

Edição e revisão 

Muitos escritores acreditam que cada livro deve ser editado profissionalmente. No entanto, tais serviços podem ter um custo elevado. Esta é a minha opinião contundente: se você é um bom escritor, você provavelmente pode editar o seu próprio livro o suficiente para torná-lo legível. Se você é um escritor ruim, toda a edição possível no mundo não vai ajudá-lo. Então, por que perder o dinheiro?

 Revisão

Revisão é outra questão. É difícil revisar o seu próprio trabalho; sua mente tende a ver o que é "suposto" para estar lá e não o que realmente está. Uma opção é encontrar um amigo ou amiga professora de português para ajuda-lo. Outra é pagar por uma Revisora Profissional para corrigir erros de gramática e pontuação. Há uma revisão mais completa que apresenta opção de construção de frases e orações chamada Copydesk.

Projeto da página

O tamanho padrão para a maioria dos livros da PoloPrinter é 14 x 21 cm, que é o modelo clássico de livro, o mais usado, o que tem melhor aproveitamento de papel e de tinta de impressão, e por isso, o mais econômico para o autor. Um layout de página bom, básico é deixar margens de 1,50 cm nas bordas externas, direita e esquerda, superior e inferior, e permitir uma margem de 2 cm no interior “coluna vertebral”, onde se aplica a cola que une as folhas do livro. Se você usar um programa de editoração eletrônica (como InDesign), configurar suas margens no menu Setup. Se você estiver usando o Word, vá para o menu Layout de Página e escolha Margens. Em seguida, clique na opção espelhada; isso vai mudar a esquerda e opções certas para dentro e fora. Defina o seu superior, inferior e margens externas para "1,5" e sua margem de dentro para "2".

Outro ponto importante a considerar é se você quer um cabeçalho correndo em suas páginas. Isso pode incluir o título do seu livro na página da esquerda e o título do capítulo na página do lado direito, bem como o número da página. Se você escolher um cabeçalho em execução, você precisa saber como separar cada capítulo como um separado por "seção", de modo, você pode evitar que o cabeçalho apareça no início das páginas de cada novo capítulo. Se isso soa como demais (que pode ser!), basta criar um rodapé que centra a paginação na parte inferior da página.

Não esqueça de deixar 5 mm a mais ao redor da capa formando um espaço que chamamos de sangria que é essencial na hora do refile final do livro. Ou seja, se a capa tem 21 x 28 cm, você tem que construir esta capa com a medida de 22 x 30 cm. O que se corta é a parte da imagem da capa deixada a mais. Naturalmente, a parte importante da capa deve ficar longe desta área, porque se não o fizer serão cortadas, como por exemplo as letras e títulos.

 A fonte adequada

Há duas questões a considerar ao escolher um tipo de letra: legibilidade e economia de espaço. Livros são, geralmente, impressos em 12 pontos de fontes. As fontes para leitura de livros, em geral, são serifadas, e isto que dizer que tem um acabamento no final de cada letra, que termina em uma curvinha, ou seja, o L se estende um pouco dando um aspecto gracioso. Neste conceito, temos as fontes como a Times, Century Schoolbook, Palatino, e outras; são muitas as fontes disponíveis e muitas delas são gratuitas e algumas têm que ser compradas para serem usadas. Mas, não se preocupe, já que todas as que vêm com o programa de diagramação ou de desenho que você está usando são gratuitas.

Note que algumas fontes também imprimem bem em 11 pontos, mas não são todas. No entanto, fontes diferem em tamanho mesmo quando o tamanho do ponto é o mesmo; assim, algumas fontes lhe darão mais texto para a página que outras. Se o custo é um fator, teste várias fontes para determinar o que lhe dará o máximo de texto para a página. Imprima duas páginas de texto com fontes diferentes e veja o que melhor lhe convier. Às vezes, mais páginas implica mais corpo ao livro e isso vai aumentar o custo, porém, será um valor menor no conjunto dos custos que compõem um orçamento de livro. Na minha opinião, vale a pena ter um livro com mais páginas.

Tenha em mente que uma fonte que fica bem em sua tela pode não parecer tão bom na impressão, por isso, sempre é bom testar suas escolhas imprimindo-as em papel. Configure sua página para um tamanho de 14 x 21 cm já com as margens, conforme explicado acima. Em seguida, preencha uma ou duas páginas com texto e escolha uma primeira fonte. Imprima as duas páginas, em seguida, selecione tudo e mude para uma segunda fonte de sua escolha, e assim por diante. A comparação lado a lado deve ser feita é com as folhas impressas. Você vai analisar e será capaz de escolher a que der melhor leitura, ficar melhor na página, ou que der melhor volume para o seu livro. Lembre-se de que você está fazendo comparação, também, entre fontes serifadas e sem serifa, a chamada fonte mais quadrada.

Se você tem subtítulos, você pode querer destacá-los com um contrastante aplicando um negrito ou aumentando o ponto da fonte Se você tem vários níveis de subtítulos, eles devem ser definidos em tamanhos de fonte sucessivamente mais baixas, mas nunca menor do que o texto principal que a gente chama de Corpo do Texto. 

Títulos dos capítulos

Se o livro é dividido em capítulos, cada um deve começar em uma nova página. Você pode optar por ter cada início de capítulo em uma página do lado direito, mas isso, por vezes, resultar em uma página em branco no lado esquerdo. Mais isso é padrão quando se fala em diagramação profissional. Se você não gastar uma página com isso, não se preocupe, coloque o início de capítulo também em uma página da direita.

Outra coisa, use a sua imaginação para destacar o início de capítulo com uma fonte maior. Pode ser em corpo gigante, duas vezes ou mais o tamanho da fonte do Corpo do Texto, assim ela irá ficar bem destacada e ser visível para o leitor e ele notará que esta página é um destaque que quebra a história para começo de outra.

Cabeçalhos

Em nossa arquitetura do livro temos cabeçalhos e rodapés. Os cabeçalhos sinalizam ao leitor o capítulo ou seção que se está lendo no momento. Para fazer um novo capítulo separado, ou uma nova seção, crie uma nova seção. No início de seu capítulo, insira uma quebra e escolha quebra de seção - próxima página. Isso permitirá que você desligue o cabeçalho atual da página para criar um novo cabeçalho, por exemplo, com o novo título do capítulo ou de seção. Em seguida, terá de ir para o Menu Inserir e escolha cabeçalho e faça a escolha de seu agrado. Isso pode deixá-lo maluco, por isso, se você não é uma pessoa doente, basta usar os números de página na parte inferior.

Rodapés

Os rodapés são marcações que, geralmente, sinalizam o número da página que se está lendo no momento. Pode-se querer colocar o nome do capítulo nesta posição. Sim, cabe texto e números ao mesmo tempo. Se não couberem, é comum abreviar títulos inserindo reticências no final da palavra ou oração. A forma como se define o rodapé é semelhante à do cabeçalho. Temos que lembrar que existem as Notas de Rodapé, as quais não têm nada a ver com o que falamos até este momento. Notas de Rodapé são observações ou informações que o autor quer fornecer ao leitor sobre o que afirmou no Corpo do Texto, mas não seria conveniente estender o texto com este comentário, já que não faz parte da narrativa principal. É mais comum em livros e revistas científicas.

Folha de Rosto

O livro deve começar com uma página que abre a obra para a leitura. É um ritual, como no teatro, quanto a cortina se abre para que os expectadores vejam a primeira cena da peça teatral. Mas, existe uma Falsa Folha de Rosto, que contém somente o Título da Obra. Depois vem, sim, a Folha de Rosto propriamente dita, que deve incluir o título do livro (e subtítulo, se houver), o nome do autor, bem como o nome e logotipo de sua "editora" se você tiver uma. Muita gente usa esta Falsa Página de Rosto como espaço em branco para as dedicatórias no dia do lançamento do livro. 

Página de Créditos

Você tem que ter uma página de créditos onde devem ser mencionados os que participaram da construção de seu livro. Esta página tem por centro a Ficha Catalográfica que é um registro que ajuda a identificar a sua obra e que serve para classificar seu livro nas bibliotecas. Sua página de copyright deve incluir o seu aviso de direitos autorais: Copyright © 2015 por Seu Nome em seguida. Você também pode querer incluir uma declaração como "Todos os direitos reservados" para deixar claro que ninguém tem permissão para utilizar ou reproduzir o trabalho sem permissão. Você pode, inclusive, rever os avisos de direitos autorais de outros livros publicados para ter uma ideia da terminologia adequada. Finalmente, este é um bom lugar para incluir suas informações de contato, se você quer que os leitores potenciais entrarem em contato com você. Aqui, também, deve ser mencionada a sua editora, com endereço e telefone, que é quem te representa para assuntos literários, em especial para o presente livro.

Dedicatória

Se você quer uma página para agradecer, esta deve ser a terceira página de seu livro. A quarta página pode estar em branco. Depois desta página deve vir um Sumário ou Índice com a localização dos capítulos, se não houver capítulos o Sumário ou Índice se faz desnecessário. A seguinte página deverá estar em branco e a seguinte é onde normalmente começa o seu texto, em muitos casos, esta será a página 7 ou 9, porém, sempre uma ímpar ou da direita.

Fotografia e Arte

O layout será mais complexo se forem incluídas fotos e ilustrações. Podemos incorporar fotos e ilustrações no Word e fazer o seu texto circular em torno destas imagens, porém, o Word não é apropriado para fazer capas. Você pode configurar o seu texto para que as suas fotos e ilustrações fiquem em páginas especiais, somente para elas. Em seguida, você pode configurar o seu trabalho artístico em um programa como o Photoshop e converter essas páginas para PDF separadamente, e inseri-las em seu documento final mais tarde. Certifique-se de inserir em branco páginas em seu arquivo do Word onde você quer que as páginas de fotografias estejam incluídas (usando a opção "quebra de página"), de modo que o seu livro ainda será paginado corretamente depois de inserir as páginas das fotos.

Criação de uma capa

Já vi gente fazer capas bonitas no Paint! Mas, o Word não é um programa que seja fácil para esta tarefa. Projetar o interior de seu livro é relativamente simples, a concepção de uma capa atraente tem que ter significado dito com imagens e com poucas palavras. Aqui, você pode achar que a melhor opção é realmente pagar por um bom designer - porque as pessoas realmente irão julgar seu livro pela capa, e um design ruim pode comprometer as suas vendas. Não se esqueça que as imagens e fotos devem estar em uma resolução de pelo menos 300 dpi.

A conversão para PDF

Para enviar os originais para a PoloPrinter para impressão de seu livro, a melhor solução é converter os arquivos finalizados em PDF. O próprio Word tem essa opção. É importante que quando fizer isso, se caso tenha escolhido uma fonte diferente, inclua a fonte quando salvar o seu arquivo em PDF. Se você não tem certeza de que as fontes serão automaticamente incorporadas, dê uma olhada nos menus de opções de qualquer programa que você está usando.

Se você pretende produzir mais de um livro, você pode querer investir em sua própria cópia do Adobe Acrobat. Eu comprei o programa há vários anos, e é extremamente fácil de usar; que configura automaticamente as opções de conversão nos menus de impressão de seus outros programas. Uma vez que você tenha o Acrobat, é fácil criar arquivos PDF a partir de vários programas diferentes (por exemplo, Word, Excel, Photoshop, Corel) e, em seguida, combiná-las em um único documento. 

Testar!

Antes de enviar para nós o arquivo para impressão, por favor, faça vários testes. E, a cada impressão você vai ver que precisará fazer ajustes. É comum configurar o formato do livro "apenas para a direita". Certifique-se de que ele está do jeito que você quer que fique. Veja se você não tem nenhuma "linha de viúva" - uma única linha de um parágrafo que transborda para a próxima página. No entanto, isso às vezes pode resultar em falhas, pois se você tiver apenas um parágrafo de três linhas, o parágrafo inteiro vai ficar adiado para a próxima página.

Se a última página do capítulo é composto por apenas três ou quatro linhas, procurar maneiras de cortar algumas palavras em outras partes do texto e salve-se uma página. Eu costumo olhar para os parágrafos que "pairam sobre" por apenas uma ou duas palavras na última linha. Eu quase sempre encontro algo para cortar que me salva uma linha e, finalmente, uma página. No entanto, tenha em mente que cada "fuçar" que você faz em uma página afetará as linhas em todas as outras páginas - o que significa que você precisa estar atento para manter a verificação e reverificação, mantenha o "olhar" atento neste sentido sobre seu livro.

Então, reveja o projeto no papel, porque é assim que todo mundo vai vê-lo. Faça uma revisão final e outra revisão, faça um checkup geral, certificando-se de que todos os seus subtítulos estão na fonte correta, todas as suas abas são a largura direita, e assim por diante. Somente então, você está pronto para entrar e começar a publicar! De qualquer forma, a PoloPrinter lhe dará uma prova digital enviada por e-mail. Lembrando que é preciso enviar o livro finalizado para a produção. É possível que ocorram algumas alterações pontuais, mas não é aconselhável fazer uma revisão mais detalhada neste momento. Isto pode ocasionar erros e custos adicionais ao autor.


Clientes que confiam na PoloPrinter

USP
UNICAMP
PUCSP
UFSCAR
Unifran
Unifesp
Insper
FIA
feusP
fea-usp
IC
Adolf Lutz
SESI
SENAI
SENAC
TUSP